Dança do ventre tradicional

São muitos os benefícios da Dança do Ventre a começar pela autoaceitação e autoconfiança. Como não está ligada ao estigma do corpo perfeito é indicada para todos os tipos de mulheres! A dança combate a depressão, melhora o humor, estimula a desinibição e eleva o amor próprio.

Na parte física, melhora a postura, ativa a circulação sanguínea, aumenta a resistência física, trabalha articulações, a flexibilidade e a coordenação motora, queima calorias e tonifica todos os músculos do corpo, além de aliviar os sintomas da TPM e da menopausa.

A aluna aprenderá toda a base necessária, através de movimentos de conscientização corporais, para lhe ajudar no entendimento da dança. Durante este ano, as alunas aprenderão ritmos, passos, sequências, folclores, o uso de instrumentos próprios da dança do ventre e outros.

Dança do ventre infantil

Curso voltado para crianças à partir dos 3 anos de idade. Com metodologia própria e instrução pedagógica para as mesmas. Trazendo a dança sem levar o feminino, ressaltando sempre o lado lúdico e doce de ser criança.

Bellymamãe (Dança do ventre para gestantes, mamães e bebês)

É um Método de aulas de Dança do Ventre para Gestantes, Mamães e Bebês. O método surgiu da necessidade de ter um estudo específico da Dança do Ventre para o público materno. Dessa forma, as aulas possibilitam às mamães estimularem seus bebês a partir da prática lúdica, física e sensorial aumentando ainda mais o vínculo entre os dois e, ainda, proporcionam uma experiência prazerosa para elas, eleva a autoestima, evita quadros de melancolia e depressão.

Stiletto

É uma aula em cima do salto, que desenvolve a atitude com movimentos de várias influências de danças. Referências e influências nas coreografias da Beyoncé.